domingo, 10 de maio de 2009

ORAÇÃO DE UMA MÃE AFLITA


Senhor,

Ouve por favor esta filha,

Que te pede com fervor...

Com a fé que vem da alma

Senhor,

Entrego nas tuas mãos,

Te peço com toda força

É que, no coração eu sinto...

Reconheço todos os recados deixados no caminho

E sei, que não teria encontrado tantos

Se teu amor não permitisse

Senhor,

Guardo este fervor para extremos

E agora chamo com toda a força

Senhor,

Permita que os anjos do caminho

Todos; direcionem todas as preces para a solução,

Estou com o peito em brasa

Com o coração nas mãos,

Olhos voltados para o céu

Pregados em oração...

Não me deixe no caminho, meu Pai...

Se o que te peço é muito, Senhor...

Espero merecer, de coração,

Conheço toda a minha imperfeição...

Não é pouca, eu sei...

Sei que meu coração tem sido duro

Mas sei, que só te peço o que há tanto procuro

E se havia tantas setas no caminho...

Agora, me leva até o final

Não solte minha mão,

Sou eu e dois anjos teus,

Em busca de paz

Em busca de tuas portas,

Que sei, são tantas... são tuas...

E nós, pequenos servos,

De coração puro, aberto...

Pedindo proteção ,

Procuramos tua mão, em busca da tua luz,

Senhor,

Permita-nos paz e felicidade... AMÉM...

Vera Celms


21 comentários:

  1. otima pois estou muito aflita com confronto familiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora... Espero que todos os seus confrontros familiares se resolvam... tenha fé... acredite que tudo o que vivemos tem um propósito. O aprendizado é arduo, mas muito valoroso.
      Sou espírita e entendo que pai e mãe, escolhemos, por cumprimento de missão. São pessoas que provavelmente em outras vidas, passaram por problemas semelhantes conosco ou muito perto de nós ou ainda são pessoas que têm missões semelhantes as nossas e então escolhemos onde e como queremos fazer a "lição de casa"...
      Dificil acreditar daqui onde estamos, onde vivemos. Mas um dia tudo será muito simples de entender.
      Acredito que os familiares diretos, aqueles que convivem conosco dentro de casa, são muito mais do que aquilo que vemos com os olhos terrenos.
      Se quiser conversar mais a respeito, fico a tua disposição, mesmo não conhecendo sua identidade em veracelms@gmail.com. Beijos e obrigado pela visita e comdentário.

      Excluir
  2. hoje so confio no senhor por que so ele e dguino de todo amor e confiança

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido(a) leitor(a):

      Por pior e mais escura que pareça a noite, creia, o sol logo raiará. Nenhuma noite é infinita, assim como nenhum dia também, e é a noite que nos garante o sono reparador.
      Se hoje o mundo lhe parece uma imensa tempestade, espere que o vento cesse e saia na chuva mesmo... as vezes é da agua da chuva que precisamos para lavar a alma e prosseguir com novos planos.
      Continue recorrendo AQUELE que lhe dá conforto. Se quiser trocar figurinhas, ainda que continue anônimo(a), fico a tua disposição em veracelms@gmail.com. Beijss de VC, OBRIGADO PELA VISITA E COMENTÁRIO.

      Excluir
    2. Boa tarde!Sou uma mãe aflita,precisando de uns conselhos, de como proceder com a minha filha muito rebelde,não me respeita como mãe de jeito nenhum maltrata todas as pessoas que gosta dela.Usa o meu netinho para me magoar. o filho dela me chama de mãe,por que foi eu quem o criou...por favor me ajudem e muito obrigado!

      Excluir
    3. OK! Muito obrigado!

      Excluir
    4. Gostaria, sinceramente, de ter o que lhe dizer neste momento. Acho que cada vida é uma história. Como já disse nos comentários acima, acredito que tudo aqui, tem uma explicação "amarrada" em algum lugar de outras vidas. Não deve ser diferente agora. Entendo que esta filha, aja desse jeito, como uma forma de pedir atenção, de fazer-se notar. Seu netinho a chama de mãe, e isso, de certa forma, deve feri-la também, por mais que seja fundamentada esta ação (de ser chamada de mãe), sua filha não deve ver dessa forma, dentro de suas razões particulares. Não há como condenar nenhuma das partes. É necessário que sua filha entenda sua real posição, suas atitudes, e o reflexo que isso tudo provoca na sua própria vida. Acho que um profissional da psicologia, poderia ajudá-la largamente, visto que, uma análise, permite que nos localizemos de fato e que aprendamos a reagir a tudo o que somos e representamos. Faça a sua parte, minha queria leitora, e faça o que puder, para que ela faça a parte dela também. EStarei a sua disposição, caso queria conversar, em veracelms@gmail.com. Beijo carinhoso e minhas mais sinceras e fortes vibrações.

      Excluir
  3. Linda esta oração, veio em um momento de muita aflição, obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conforme email que lhe enviei, permaneço a tua disposição em veracelms@gmail.com... Conte comigo... beijos e obrigado pela visita e comentário...

      Excluir
  4. Tenho um filho que me causa muito transtorno e por isso já passei por más momentos e isso me deixa muito aflita e por acaso procurei uma oração para aliviar o coração de um a mãe aflita e Deus me mostrou essa belíssima oração que veio de encontro com minha flição. muito obrigada e peço oraçãqo para meu grande amor meu filho Fábio.

    ResponderExcluir
  5. Oi, boa noite tenho um unico filho, fui mae solteira tenho 37 anos e ele 18.Tenho ficado muito aflita pois ele tem me dado alguns problemas, acha q prq tem 18 anos pode fazer o q quer. Não tem um trabalho converso muito com ele mas parece que nunca è o suficiente, moro com meus pais e tenho vergonha da situação, foi e è muito amado por nós, tenho tanto medo que ele se envolva com algo errado, peço que ore por ele pois tambem peço muito a Deus por ele.

    ResponderExcluir
  6. Cara Renata Cristina, certamente, incluirei você e seu filho em minhas vibrações. Entretanto, sossegue seu coração, a idade em que ele está é muito própria dos questionamentos e oposição a todas as respostas. Com o tempo, tudo entrará nos eixos. O importante é que ele sinta em você, principalmente, uma amiga, não uma opositora. Oriente-o, ofereça sua mão e colo. Nesse momento, toda sua (dele) existência está sendo posta a prova em seu coração. A correnteza passará, tenha a certeza. Tudo entrará nos eixos em algum tempo. Acredite. Mantenha, a serenidade e tenha fé... Deixe que ele sinta que tem em você, um porto seguro. Socorra as crises mais intensas com compreensão e esteja sempre disposta a conversar. Quanto mais se impuser a ele, mais ele se oporá a você. Delegue responsabilidade a ele, pra que sinta o peso dela. Se precisar conversar, estou sempre disponível. (veracelms@gmail.com) Um grande beijo e muita coragem...um dia, você olhará pra trás e verá, que apesar de pesado, tudo terá valido a pena.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, è muito bom e confortante saber q podemos contar com pessoas iluminada como vc, que a qualquer hora esta de coração aberto para nos confortar. Obrigado por enquanto, pois sei q quando precisar sinto q tenho um ombro e um colo amigo. Que Deus a ilumine tds os dias.

    ResponderExcluir
  8. Já passei por muitos perrengues na vida e não será nenhum sacrifício, trocar experiências. Fique a vontade, quando precisar, estarei disponível... Muita Luz... beijo

    ResponderExcluir
  9. Minha dor é constante, como se meu peito fosse explodir pela perda de minha filha que Deus recolheu aos 27 anos com uma doença muito grave !!!! estava procurando uma oração para me acalmar, qdo deparei com a sua oração que é um bálsamo e um verdadeiro poema. Grata

    ResponderExcluir
  10. Carissima MÃE SAUDOSA!!! escrevo sobre tudo e qualquer coisa, exceto sobre a morte de um filho, pois não consigo nem imaginar o tamanho dessa dor. Podemos perder qualquer outro laço, mas filhos, deve ser insuportável!!! respeito a sua dor, imensamente. Sou espírita e acredito sinceramente, apesar de não imaginar como é, que somos espíritos vivendo uma experiência corpórea e não um corpo, vivendo uma experiência espiritual. Entendo que quando acabamos nossa Missão aqui na Terra, voltamos para Casa do Pai... e entendo também, que um dia voltaremos pra Casa também, e encontraremos todos aqueles que nos foram tão gratos e próximos, entendendo o porquê da perda tão precoce... porquê nos perdemos em tristeza... Sei que nada pode consolar sua saudade, mas imagino que imaginar que ela está em Casa e que é lá que a encontrará.... que o sofrimento do corpo dela, acabou... e que agora, ela é Luz e Energia... Enfim... se desejar conversar, ponho-me a tua disposição, pelo email veracelms@gmail.com. Fique a vontade para me contatar, se desejar e ou quiser. Um afago na sua alma. Meus respeitos e solidariedade. Beijo carinhoso...

    ResponderExcluir
  11. Respostas
    1. Obrigada, Robson. Fico tão feliz que tenha gostado. Beijos de VC

      Excluir
  12. Olá é uma longa história tenho duas filhas e a mais velha hj com 25 anos estava fazendo muitas coisas para me desagradar com meninos e faltando com o respeito comigo e sua irmã dentro da minha casa quando eu saia para trabalhar ai já não me respeitava mais ria da minha cara convidei a ir morar com o pai mas não deu certo tambem foi morar sozinha.
    Continuei nos principios de educação com minha filha menor estavamos indo muito bem mas a minha filha maior começou a encher a cabeçinha da irmã que agora com 19 anos saiu de casa mas foi numa boa continuavamos conversando mas de dois meses pra cá a minha caçula ,mudou muito e parece que dentro do seu coração só tem ódio e rancor e não consigo mais dialógo com ela só me ataca e ao mesmo tempo sinto que não está falando por ela sempre foi uma ótima menina de coração generoso, estou muito aflita e com o coração em pedaços pois tenho duas filhas sempre criei com todo amor e carinho e são tudo pra mim não sei mais como resgata-las para perto de mim
    Me ajude por favor pois a vida está perdendo o sentido pra mim sem elas por perto.

    ResponderExcluir
  13. me ajude por favor sou uma mãe desesperada

    ResponderExcluir
  14. Querida leitora, acho que não criamos os filhos pra nós, mas que os preparamos ao nosso lado para a vida. A medida que avançam na idade, que saem da juventude para a idade madura, cada um toma a direção que acha mais adequada, prazerosa ou possível. Você pode não concordar com algumas posturas, mas elas tem o direito de agir como acham melhor, por mais que não aprovemos. Acho sinceramente que o importante é que elas saibam, que seja qual for o caminho escolhido, seja qual for a direção que tenham escolhido, terão sempre pra onde voltar.
    Acho que nós pais, somos o porto seguro no final de todos os caminhos. Se elas não tiverem pra onde voltar (a casa, o colo dos pais), procurarão outros portos (não necessariamente seguros) e, envolvidas, irão cada vez mais fundo nos portos escolhidos. Não sei se me fiz entender.
    Vou tentar me colocar melhor: se elas não te encontrarem ao final dos caminhos, disponível, tentarão sentir segurança em pessoas não tão confiáveis ou em atitudes não tão recomendáveis, tentando acertar.
    Lembre, minha amiga, que amamos nossos filhos sempre, independente de suas qualidades ou defeitos, acertos ou erros.
    Mantenha seu colo disponível, seu carinho, sua mão, e elas sentirão firmeza em você e te procurarão, senão sempre, mas com maior frequência.
    Orientar, não julgar e muito menos condenar por pensarem diferente de você.
    A arvore pode não ser frutífera, mas tendo raízes fortes, certamente encontrarão maiores certezas e luz para poderem crescer.
    Tente colocar-se no lugar delas e entender porquê elas agem como tem agido. não seria somente uma forma de chamar a sua atenção de forma diferente da atenção que dispensou a elas até hoje. Permaneço a sua disposição. Um beijo carinhoso. Muita luz e paz as três... minha vibração...

    ResponderExcluir

O que achou?