domingo, 19 de agosto de 2012

VACILO?

Pegamos firme,
Forte, duro,
Somos preocupados,
Tensos,
E acabamos por ser outras coisas
Duros, duros e duros
Egoístas,
Mas só vemos depois,
Que o coração estava na boca
Nas mãos,
No chão,
Entre risos e risadas
Entre tudo e quase nadas
E num repente
Num trombolhão,
De sopetão
Todas as palavras saíram rápido demais
Sem arrumação,
De qualquer jeito
E não tem mais opção
Só pedir desculpas
Perdão,
Apesar de ter ouvido tudo errado
Apesar de ter deitado o cercado
Afinal, saiu tudo no arrombo
Pulou o biombo
Fui daqui até lá...
Só por amar... demais...

Vera Celms

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?