domingo, 9 de setembro de 2012

FOLHEANDO O PASSADO




Um fio de cabelo
Colhido na fronha da ultima noite
Um bilhete marcando o primeiro fortuito encontro
Pétalas de uma rosa
Uma folha, que de verde, enferrujou
A pena caída do voo de uma coruja
Papeizinhos dizendo algo,
que não podia esquecer (e esqueci)
O recorte de um jornal antigo
A foto de um ídolo, recortada de uma revista
Versos, que soltos não fazem o menor sentido
O roteiro de um caminho distante
Contas, receitas, datas,
Letras de antigas musicas,
Poemas rascunhados de você
Tudo permanece igual
Tudo continua lá
A minha espera,
Sem expectativas ou participação
Sem emoção, sem noção
Corro as paginas do velho livro com os dedos
E algo rouba-me o centro,
Estremece-me, delata-me,
E devolve-me ao passado,
Em altíssima velocidade,
O seu perfume, numa tira de papel cartão,
Amareladinho e liso, bem liso,
Ergue-te diante de mim, suspenso no ar,
Em todos e cada espaço
Etiquetando o teu território no meu coração...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho FOLHEANDO O PASSADO de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?