domingo, 28 de abril de 2013

ESBARRADOS





Entre telas nos encontramos

Em palavras nos situamos

Buscamos olhares

Onde só havia intenções

Encontramos almas

Onde se vislumbram corpos

Encontramos beleza

Onde só procuram prazer

Entre teclas nos sentimos

Dedilhadas palavras

Uma imagem

O timbre de nossas vozes

Tudo enfim é par

Tanto eu, quanto você

Pulsares, olhares,

O prazer de, apesar de tantos pixels

Termos enxergado nossos corações...



Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho ESBARRADOS de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

domingo, 21 de abril de 2013

PEÇA-ME






Quer que me debruce sobre suas águas,
ou lhe ofereça meu leito pra seu curso...
Quer que lhe chame de amor, lhe faça versos...
lhe cante todos os mantras...
exponha- me ao luar
Toda nua, toda sua... esperando vc?
Então diga que sou tua fêmea
Que não valho nada sozinha
Que não quer mais viver sem mim
Então espalharei estrelas em teus caminhos
E luares no seu olhar
Farei com que as flores perfumem seu rastro ao te seguirem,
E o som da sua voz reverbere por onde passar
Farei de nós historia
E de você canção
E pra mim, levarei você pela mão,
Basta que me ame...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho PEÇA-ME de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada
.

terça-feira, 16 de abril de 2013

POESIAS, POEMAS E VERSOS de PAULO LEMINSKI !!!

Imperdível material sobre e de PAULO LEMINSKI !!! Saudade, muita saudade... quanta falta faz...

http://www.poesiaspoemaseversos.com.br/coletanea-de-videos-e-poemas-de-paulo-leminski/

Papopoético 11 PAULO LEMINSKI por Eduardo Tornaghi


domingo, 14 de abril de 2013

LÁ DE LONGE



Quando eu era criança

Você já estava lá

Chegou como chegam as histórias

Com detalhes e componentes

Com memórias e antecedentes

Rimos como riem as crianças

Brigamos como brigam as crianças

E depois de tanta saudade

Que só aprendemos a sentir,

pelo passar dos anos

... Sentimos saudade como nossos pais ...

Separadas por um vidro,

e muitos kilometros,

Sentimos a emoção nos abraçar

... Como abraçam as crianças

e também nossos pais ...

Mas, ainda não sentimos o mesmo calor

Permitido somente aos que estão perto

A emoção, sentimos e vimos fluir

O calor, acumulamos um pouco mais

Mas, hoje... depois de tanta vida...

Voltamos a estar aqui...

Até amanhã...



Vera Celms
 A Vanilde, uma amiga, que ora reencontrei, de há 46 anos... Muito Feliz... 
Licença Creative Commons
O trabalho LÁ DE LONGE de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

PROFUNDO SEGREDO





Ler o profundo de nós,

são poucos os que conseguem

nem todos manifestam...

O profundo, em segredo, continua profundo...



Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho PROFUNDO SEGREDO de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.