domingo, 17 de novembro de 2013

DETECÇÃO






Todas as paredes estavam rabiscadas,
Riscadas de uns versos tais,
Que não deixavam dúvida,
Havia ali, um apaixonado !
Coraçõezinhos, letras avulsas,
Versinhos avulsos copiados,
trovas mal acabadas,
Poemetes rasos, açucarados,
Sinais de que, os olhos perdiam-se, em sonhos despertos,
Reais demais, para não existirem ao tato, de fato...
Talvez faltasse coragem,
Talvez propulsão, atitude, gesto,
Talvez, só reação,
Mas, havia ali, delicadeza,
Um quê de feminino, algo de puro,
Doce, ingênuo,
Um olhar que convidava ao toque
História contada tantas vezes,
Mas, jamais revelada verdadeira
Era mais um sonho romântico,
Mais que um desejo semântico,
Mais que um discurso retórico
Uma apuração de lembranças,
Eram memórias apaixonadas
Muito além do faz de conta,
Muito além do imaginário, do sonho,
Algo muito além do futuro planejado,
Do desejado,
Era real, de fato, real...
Paixão crescente, detectada...

Vera Celms

3 comentários:

  1. Adorei, frases com palavras que parecem tornarssem táteis ao ler

    ResponderExcluir
  2. Adorei, frases com palavras que parecem tornarssem táteis ao ler

    ResponderExcluir
  3. Querido Marcos, obrigado pela visita e comentário... fico feliz que tenha gostado! beijos de VC

    ResponderExcluir

O que achou?