domingo, 29 de dezembro de 2013

DEZEMBRO SE VAI





É com um Menino no colo,
que parte dezembro...
Reunindo lembranças,
Provocando o balanço, em cada um de nós...
Todos os outros meses,
rendem-se resignados,
Cada um mostra de si, como num desfile,
Retrospectiva de todo um ano,
em nosso ânimo...
Enquanto mantém, dezembro, os olhos no horizonte,
Esperanças, novinhas em folha,brotam
Sabemos que encontraremos o amargo na boca,
várias vezes, por mais que tentemos adoçar,
Afinal, lá vai dezembro,
Com o rosto sulcado,
Com as mãos cansadas,
Com as experiências esgotadas,
Carregando troféus e cruzes
Louros e lodo
A alma, aos pulos, festeja,
Os olhos, aos poucos marejam,
Ainda que por um momento,
Estaremos sós, diante de nós,
Pulando ondas, trocando presentes,
Com os olhos fixos no que virá,
Esperança que só cresce,
Como se o mundo, parasse de rodar
E só voltasse no ano que vem
Com a vida corrente novamente
Com a rotina em seu lugar
Lá se vai dezembro, ancião grato,
Recebendo janeiro de braços abertos,
FELIZ ANO NOVO a todos nós...

Vera Celms
Licença Creative Commons
DEZEMBRO SE VAI de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?