domingo, 15 de junho de 2014

ACOSTAMENTO DA SUA ESTRADA





Pegue minha mão,
Estarei no acostamento da sua estrada,
Esperando você,
Leve-me para o seu esconderijo,
No horário mais propício
No momento mais discreto
Cochicha meu nome,
E te responderei com um olhar,
Para não nos delatar,
Sorria, pois que meu sorriso espera o seu,
Prepare-se para um abraço,
Pois será no seu pescoço que estarei,
no momento seguinte,
no movimento seguinte,
completamente ofegante,
Louca, completamente louca,
Quero te apertar em meus braços,
Até sentir que somos um afinal,
E então sentir suas mãos em mim,
Como se meu próprio corpo eu tocasse
Como  seu corpo,  tocado fosse por você,
Saberíamos então, exatamente,
como e onde,
Seríamos exatamente felizes...
Para sempre, ou
Pelo tempo que tiver de durar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
ACOSTAMENTO DA SUA ESTRADA de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?