domingo, 4 de outubro de 2015

PELOS VIRTUAIS






Gosto tanto de você,
Do seu olhar, do seu sorriso,
Jeito sedutor, provocante
Gosto do doutor engravatado
E da nudez adolescente também
Não conheço sua voz,
Não sei do quanto quer estar por perto,
Nem te imagino saudoso,
Sinto-te excitado, provocante, insinuante,
Não te conheço romântico,
Gosto da sua proximidade,
e sinto sua falta nos horários não habituais
Amor comercial?
Não exalta-me qualquer beleza, só desejos,
Descreve no vestuário, combinações perfeitas
Cavalheiro distante,
Amante virtual em pelos, que tanto desejo,
Quem sabe um dia em teus braços,
Quem sabe, só no passado...
Ainda assim, tão meu...

Vera Celms
Licença Creative Commons
PELOS VIRTUAIS de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?