quinta-feira, 11 de agosto de 2016

COLO MATERNO



imagem:  COLO DE MÃE - LENA GAL (colhida na Internet)

Colo de mãe
Concha eternal, divina,
Escudo do mundo
Que espanta monstros
Fantasmas, seres do horror
Tal como na concha do ventre
Protegido ser,
o pequeno dorme,
despreocupado,
esquecido de todos os males
O colo materno,
É antídoto para todos os venenos
Fluido para todos os éteres
Solvente para todas as grossas idéias
pesadas vibrações,
e densas imagens
Contra a materialização de todos os medos
E perigos, e ameaças e infortúnios
Lugar santo, imaculado que produz alegria
Zona neutra de onde brota toda a esperança
Véu invisível que cobre o pequeno corpo
Esconderijo perfeito que nos torna imperceptíveis
Gruta mágica que nos torna invencíveis
Caverna encantada que nos faz indetectáveis
Onde a proteção é máxima,
Na luz divina
Da sombra predatória
No colo materno somos anjos, etéreos
Inalcançáveis, inconquistáveis, indispertáveis,
Contagiantes e memoráveis
O colo materno é o mundo todo
E lugar algum

Vera Celms
Licença Creative Commons
COLO MATERNO de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?